CRIAR Loja Virtual

Blog - Mercado

E-commerce deve faturar R$ 2,1 bi no Dia das Crianças

Publicado em 02.10.2018 às 14:25 | Postado em: Mercado | Fonte: Redação E-Commerce Brasil
Compartilhe:

O e-commerce deve movimentar R$ 2,1 bilhões no Dia das Crianças, de acordo com previsão da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm).

Segundo a entidade, a data, que serve como termômetro para a temporada de vendas de fim de ano, deve experimentar um crescimento de 4% quando comparado ao mesmo evento do ano passado.

A ABComm estima que cerca de 7,8 milhões de pedidos sejam realizados no período de 24 de setembro a 12 de outubro, com um tíquete médio de R$ 277.

Tendências

As principais categorias de produtos a serem buscados na data são Brinquedos, Eletrônicos, Moda, Materiais Esportivos e Materiais Escolares.

De acordo com Mauricio Salvador, presidente da ABComm, uma das particularidades a ser observada na data deste ano será a busca por produtos de menor valor, o que deve ter impacto no tíquete médio das vendas.

“Mesmo apresentando crescimento em relação ao ano passado, as incertezas sobre o futuro da economia devem fazer com que os consumidores busquem produtos de valor mais baixo”, avalia.

Continue lendo o artigo »

Mercado Livre inicia campanha contra aumento de 51% nos preços dos Correios

Publicado em 28.02.2018 às 15:08 | Postado em: Mercado | Fonte: tecmundo.com.br
Compartilhe:

O Mercado Livre está enviando emails para seus clientes comunicando que os Correios anunciaram um reajuste no preço dos fretes de encomendas em todo o Brasil. De acordo com o marketplace, a estatal pretende aumentar os valores em até 51% na comparação com preços atuais. Frente a isso, a empresa iniciou uma campanha contra os novos preços chamda #FreteAbusivoNão.

Esse reajuste entraria em vigor no dia 06 de março e está sendo considerado pelo Mercado Livre e por consumidores nas redes sociais como abusivo, uma vez que a inflação em 2017 ficou em torno de 3% para o ano inteiro. Com isso em vista, o aumento não poderia ser justificável, ainda mais quando é 17 vezes maior que a média da inflação do ano anterior.

Segundo o Mercado Livre, com os novos valores, o preço médio do frete no Brasil seria 42% mais caro que o da Argentina, 160% mais caro que o do México e 282% mais caro que o da Colômbia.

Além do impacto óbvio no bolso do consumidor que compra na internet, o marketplace destaca em uma publicação condenando o reajuste que pequenos empreendedores que vendem na web estarão entre os mais prejudicados. “A loja que escolher repassar o valor do frete ao consumidor verá suas vendas caírem”, diz.

Longe ou perigoso
Envios para cidades afastadas dos grandes centros devem ser as mais afetadas pelos reajustes dos Correios. Assim, quem mora longe das capitais terá que pagar ainda mais para receber seus produtos em casa. Cidades consideradas perigosas, como o Rio de Janeiro, ainda serão mais penalizadas. Todo tipo de entrega com origem ou destino à capital fluminense serão taxadas com um valor extra de R$ 3 por pacote, caso o reajuste seja mesmo implantado no começo de março.

O que dizem os Correios
O TecMundo entrou em contato com os Correios para esclarecer a situação, e a empresa afirma que o reajuste médio dos preços é de 8% e condena a comparação dos valores de entregas no Brasil com os de países vizinhos. Confira a nota oficial daempresa ao TecMundo na íntegra.

"Ao contrário do que foi divulgado [pelo Mercado Livre], o reajuste não será de “até 51% no frete dos produtos a todos que compram e vendem pela internet”. A média será de apenas 8% para os objetos postados entre capitais e nos âmbitos local e estadual, que representam a grande maioria das postagens realizadas nos Correios.

Cabe ressaltar que o reajuste não é para os preços de e-commerce, mas para os serviços de encomendas dos Correios, também utilizados pelo e-commerce. Trata-se de uma revisão anual, a exemplo do previsto em contrato. A definição dos preços é sempre baseada no aumento dos custos relacionados à prestação dos serviços, que considera gastos com transporte, pagamento de pessoal, aluguéis de imóveis, combustível, contratação de recursos para segurança, entre outros.

Comparar o preço de frete praticado no Brasil com os países vizinhos, como faz a nota, é tendencioso e pode levar o consumidor a acreditar em uma falsa premissa. O maior dos países citados - a Argentina - tem cerca de um terço da extensão territorial do Brasil e 40% de toda a sua população concentrada na região metropolitana de Buenos Aires. A maior cidade brasileira, por sua vez, tem 10% da população do país. Outro exemplo citado na nota, a Colômbia, é cerca de seis vezes menor que o Brasil. Os desafios de transporte em um país com dimensões continentais são muito maiores e os custos para manter a presença dos Correios em todo o território nacional são altíssimos.

Os contundentes problemas relacionados à segurança pública em diversas localidades do país também são pontos que merecem ser destacados. Conforme amplamente divulgado pelos veículos de comunicação, no Rio de Janeiro a situação de violência chegou a níveis extremos e o custo para entrega de mercadorias nessa localidade sofreu altíssimo impacto, dadas as medidas necessárias para manutenção da integridade dos empregados, das encomendas e até das unidades dos Correios. Por esse motivo, foi estabelecida uma cobrança emergencial de R$ 3,00 para os envios destinados à cidade do Rio de Janeiro, cobrança essa que poderá ser suspensa a qualquer momento, desde que a situação de violência seja controlada. Vale esclarecer que essa cobrança já é praticada por outras transportadoras brasileiras desde março de 2017.

Os Correios ressaltam que a parceria com o e-commerce brasileiro é de extrema importância para a empresa. Parceria que, inclusive, viabiliza a atividade de inúmeras micro, pequenas e médias empresas que vendem pela internet devido à oferta de pacotes de benefícios dos Correios exclusivos para os marketplaces brasileiros, incluindo reduções de preço que chegam a mais de 30% no SEDEX e 13% no PAC quando comparado aos preços à vista.

Também em função dessa parceria, a empresa mantém uma Política Comercial com uma estratégia de precificação que segue a lógica do mercado e, mesmo com os aumentos de custos, buscou o menor impacto possível nas praças mais relevantes para o e-commerce brasileiro.

Por fim, essa revisão mantém os Correios competitivos em seus preços praticados no Brasil inteiro, garantindo sua presença em todo o território nacional. "

Continue lendo o artigo »

Está acontecendo a promoção Natal Premiado Costa Doce

Publicado em 27.10.2017 às 17:35 | Postado em: Mercado | Fonte:
Compartilhe:

Está acontecendo a promoção que movimenta o comércio da região!!! 

 A promoção Natal Premiado Costa Doce terá como premiações, 01 veículo 0km (Mobi Easy) + 20.000,00 mil reais em prêmios e um vale compras, os quais deverão ser gastos nas empresas participantes desta promoção. 

A promoção que é realizada pelo Sindilojas Costa Doce, em parceria com a ACIC, ACITTA, ACI de São Lourenço do Sul, trata-se de uma oportunidade única para conquistar novos clientes e potencializar as vendas neste fim de ano.

A iPoomWeb orgulha-se de ser a agência responsável pela elaboração e criação do material gráfico da promoção que mais dá prêmios na região!

Continue lendo o artigo »

Erros fatais cometidos em sites e blogs

Publicado em 28.06.2017 às 16:30 | Postado em: Mercado | Fonte: designersbrasileiros.com.br
Compartilhe:

ocê possui um Blog ou Site e por mais que tente parece que as visitas não chegam e você nunca é encontrado com um bom posicionamento através dos campos de buscas?

Bom as vezes o problema não está em seu conteúdo e sim e outros componentes que acabam atrapalhando a analise do Google para rankear seu site.

Pensando nisso eu separei alguns erros que muitas pessoas cometem sem perceber e que acabam colando o site em ruínas.

1 – Código HTML e CSS

Um que geralmente passa despercebido por muitas pessoas é e o motivo do blog não ter uma boa posição no ranking de buscas no Google são problemas na sintaxe do código que acaba acarretando na renderização e indexação da página.

É para encontrar estes erros você não precisa ser especialista em programação, atualmente existem ferramentas onde você disponibiliza a URL do seu site ou Blog e ele te informa onde estão os erros e quais são eles. Feito isso é só você procurar por um profissional capacitado para resolvê-los.

2 – Domínio do Website

O nome do seu domínio é muito mais que sua identidade, muitas pessoas não dão muita importância para isso e acabam colocando nomes muito grandes e difíceis de compreender no domínio, isso acaba dificultando tanto para o leitor quanto para o próprio Google.

Geralmente sites com o nome muito longo tem o pior rankeamento no Google, e como prova disso é muito simples, pesquise algo no Google e veja os primeiros colocados, com certeza o nome deles é curto e fácil de memorizar.

3 – Título do Website

O título é o item mais importante do seu website, aproveite bem ele colocando a palavra chave em que seja trabalhar sempre no inicio do titulo e procure não repeti-lo.

Uma página não deve conter dois títulos iguais e para você verificar se não há nenhum conteúdo repetido utilize o comando site: no campo de pesquisa do Google, por exemplo, site:seublog.com.br e será listado todos os títulos do seu website e você conseguirá verificar se tem algum repetido.

A ferramenta Google Webmaster Tools também possui a mesma função.

4 – Exibição do site em outros dispositivos

Em pouco tempo as buscas serão a grande maioria vinda de dispositivos moveis já que este tipo de busca está crescendo em passos largos. Por conta disso o Google está valorizando sites que possuem layout responsivo.

Ou seja, quando o layout se adapta em qualquer resolução de tela, além disso, o Google prefere por conta da facilidade de acessar o conteúdo e compartilha-lo.

Caso seu site não seja responsivo recomendo que você o adapte para a nova realidade que está dominando a Web.

5 – Plataforma do site

Além disso, o servidor que o site está hospedado também pode afetar a sua posição, com erros comuns como:

Tempo de resposta: Quando o servidor demora muito para entregar o conteúdo, o leitor acaba desistindo do seu site;
Timeout: Outro erro que ocorre quando o servidor demora a responder uma requisição;
Limite de Transferência: Alguns servidores acabam limitando a quantidade de transferência sendo péssimo em termos de SEO
Tipo de Hospedagem: Verifique se o tipo de hospedagem do seu site é compartilhado ou dedicado, caso seja compartilhada é o caso de vários sites estarem sendo hospedados em um mesmo IP podendo haver até mesmo penalização para o seu site.

Você sabia?

Na agência iPoomWeb, desenvolvemos o seu site desde a concepção do projeto, ou seja, os sites desenvolvidos pela iPoomWeb são totalmente desenvolvidos por nossa agência, utilizando de códigos próprios, não utilizando plataformas de gerenciamento de sites terceirizadas.

Desta forma, nossos sites são seguros e personalizados de acordo com as necessidades da sua empresa, pois temos uma equipe de web designers e programadores para garantir a melhor qualidade para sua empresa na web.

Continue lendo o artigo »

Confira dicas para melhorar a gestão do seu E-commerce

Publicado em 03.05.2017 às 14:56 | Postado em: Mercado | Fonte: news.comschool.com.br
Compartilhe:

O bom momento do e-commerce no Brasil coloca o setor em um dos momentos mais agradáveis aos novos empreendedores. A grande questão está quando o número crescente de público contribui para o aumento da concorrência no mercado. Quanto mais o mercado cresce e se torna rentável, maior o número de investidores.


Confira algumas dicas para definir um planejamento eficaz a ponto de assegurar um bom crescimento da sua loja virtual:
Crescimento financeiro:


Colocar uma meta de faturamento é muito importante para o crescimento da empresa. Lembre-se que todo crescimento requer investimento, seja em tecnologia, marketing ou pessoas, estando alinhado com os custos. O ideal é comparar com concorrentes do mesmo mercado.


Gestão dos dados financeiros:
Para quem está começando, é vital entender os números e criar um modelo de controle, seja ele uma planilha no Excel ou um ERP simples. O empreendedor deve entender os conceitos e encontrar uma forma de medir seus custos, lucros e resultados.


Novas métricas para o e-commerce:
Identifique quesitos que ainda não foram controlados e aplique correções, caso estejam abaixo do esperado. Alguns exemplos são: a taxa de conversão de visita de vendas (quantas empresas eu visito e quantas consigo vender), Retorno de Investimento (ROI) de uma campanha de Google ou percentual de inadimplência. O importante é ter um plano de ação para quando essas métricas não estiverem boas.]


Controle gastos:
Um erro comum entre pequenas empresas é projetar um crescimento de receita e gastos juntos. A lógica de que “é preciso gastar mais para vender mais” é perigosa, pois muitas vezes atingimos o plano de despesas, mas não batemos a meta de vendas. Tente projetar metas mais curtas, mensais, trimestrais e só comece a aumentar os gastos quando tiver confirmação das transações, mantenha o pé no chão.


Escute mais seus clientes:
É extremamente importante escutar o que o cliente pensa e através disso identificar pontos de melhoria e impulsionamento. Para não deixar o objetivo abstrato, coloque uma meta de quatro agendas anuais, com cinco clientes por vez. Ao final de cada etapa, chame o seu time e discuta o valioso papo com os clientes.


Atenção ao time:
O funcionário é muito importante para empresa, afinal ele coloca a mão na massa e muitas vezes recebe o feedback de diferentes lados, o que possibilita novos olhares. Um colaborador desmotivado ou que “jogue contra” pode deixar toda uma área com problema. Planejar reuniões estruturadas de feedback com o time é vital para saber como está o clima organizacional, além de estratégico. Assim, o gestor pode estimular o crescimento das pessoas, desenvolvendo o trabalho em equipe.


Vise o mercado:
Uma grande possibilidade de analisar o mercado e sentir o que ele pede é participando de eventos relevantes no setor de atuação. Faça um calendário com 3 a 4 eventos, marque suas observações e leve isso para análise em equipe.


Prepare pessoas para o próximo estágio:
Saber como gerir uma equipe é essencial para empresas que estão em crescimento. Prepare seus funcionários para enfrentar novos desafios para que assim, juntos, a empresa chegue longe. Liste quais as primeiras tarefas que podem ser delegadas, coloque-as em um cronograma ao longo do ano e repasse o plano a cada mês ou trimestre, sempre motivando e ouvindo os funcionários.


Acredite sempre:
Um grande empreendedor se dá pela capacidade de planejar e, principalmente, de executar seus sonhos e projetos. Entenda que nessa jornada será preciso se doar muito e motivar os outros. Esteja motivado, focado e com todo o gás para levar o seu e-commerce cada vez mais longe.

Continue lendo o artigo »

Receba nossas novidades

Receba dicas de comércio eletrônico e recursos diretamente em seu e-mail.

Categorias

Últimos Posts